Energia Solar

Preço de Placas Solares Fotovoltaicas [Barato com Qualidade!]

As energias renováveis trazem muitas vantagens para a sociedade e seus usuários.

Além de não possuírem o mesmo grau de impacto no ambiente como as energias tradicionais, podem significar uma grande economia na conta financeira.

A energia solar é uma das mais utilizadas para estes fins e, atualmente, pode ser instalada tanto em edifícios comerciais e industriais, quanto em residências.

No entanto, o desejo de usar energia solar vem seguida de algumas dúvidas, como, por exemplo, qual é o preço da placa solar?

Qual é o melhor modelo? Qual é o retorno que devo ter com a utilização de placas de energia solar?

Fizemos este texto para esclarecer algumas destas dúvidas!

Preço de placas solares fotovoltaicas

placas fotovoltaicas preço

Atualmente, as placas solares fotovoltaicas são vendidas para todas as finalidades, seja algo maior ou mesmo para a sua residência.

Existe uma grande variação no custo das placas solares, devido ao tipo de tecnologia usada nos painéis, o que, consequentemente, afeta a eficiência das placas solares.

Vale ressaltar que o tipo de placa que se usa, geralmente, nas instalações residenciais possuem custos mais baixos e padronizados globalmente.

Você provavelmente encontrará placas solares vendidas em dólares e de acordo com o seu Watt.

Isso porque, mesmo que o Brasil já fabrique painel solar, ainda não fabrica a sua célula, ou seja, a placa.

Para se ter uma ideia, mais de 50% do custo de um painel solar é devido às placas solares fotovoltaicas.

Geralmente, as placas solares fotovoltaicas são vendidas em pallets – que possuem 24 placas – ou em contêineres – que possuem 350 ou mais placas solares.

Vale dizer também que a eficiência da placa também pode influenciar no seu valor final. No Brasil, as unidades compradas devem apresentar o selo de aprovação do INMETRO, para garantir a qualidade e a segurança do uso.

Outros custos

Portanto, além de saber qual é o preço de placas solares fotovoltaicas, é importante que você considere outros custos, como a instalação do equipamento na sua casa ou empresa, conexão com a sua rede, inversor solar e sistema de fixação.

Estes custos acabam sendo uma boa parte do custo final.

Além disso, saiba o quanto você pode captar de energia solar e em quanto tempo você terá o retorno esperado.

Vídeo | Como fazer para ter eletricidade solar em sua casa

Como funciona o kit de placa solar fotovoltaica?

A procura por fontes renováveis de energia é uma tendência crescente no mundo inteiro.

A energia solar é um dos carros-chefes dessa busca que, além de reduzir o impacto nocivo sobre o meio ambiente, ainda garante ao consumidor uma boa economia na conta de luz.

A energia solar é produzida convertendo luz em eletricidade por meio de células fotovoltaicas, que são semicondutores de silício instalados em placas.

Para um melhor aproveitamento, os dispositivos são afixados em locais e ângulos onde a incidência de radiação solar é maior.

O sistema ainda pode ser ligado à rede, enviando o excedente de energia não consumido para a concessionária.

Com isso, o consumidor ainda ganha créditos para utilização em até 36 meses, reduzindo seu gasto nos períodos em que a energia convencional for requisitada.

Quanto custa a placa solar fotovoltaica?

placa solar fotovoltaica como funciona

O custo dependerá da tecnologia e da quantidade de painéis, que será estimada a partir do cálculo do consumo médio mensal em quilowatts.

Um sistema fica, em média, na faixa dos R$ 7 mil a R$ 15 mil.

É possível gerar aproximadamente 150 Watts a cada metro quadrado instalado.

Para suprir 100% das necessidades de uma casa onde o consumo mensal é de 500 quilowatts, são necessários 20 painéis, exigindo menos de 30 m² de espaço para a instalação.

Prazo de retorno do kit energia solar fotovoltaica

Na hipótese acima, o retorno total do investimento se daria em 10 anos.

Ou seja, o consumidor obteria retorno antes da primeira manutenção, já que a garantia dos dispositivos é de 25 anos.

Uma placa fotovoltaica de 250 w, indicada tanto para áreas urbanas quanto sítios, tem um custo que gira em torno de R$ 1,5 mil.

Para atingir uma potência de 1.000 w são exigidas quatro placas desse tipo, ao custo médio de até R$ 4 mil.

Elas são usadas tanto para iluminação, quanto para alimentação de aparelhos domésticos, permitindo o carregamento em baterias de 12 v ou 24 v.

Considerações finais

Resumindo: o sistema será mais caro quanto maior for a eficiência na geração de energia/m².

Uma dica é pesquisar em sites como o “Mercado Livre”, onde os interessados encontrarão um grande número de ofertas de placas solares residenciais.

Vídeo | Painéis Solares Construir ou Comprar Qual o melhor?

Como funciona e suas vantagens e desvantagens

Conheça aqui melhor os sistemas de Energia Solar Fotovoltaica! Ao final não esqueça de deixar um comentário.

Energia limpa, sustentável e renovável vai crescendo e conquistando importante papel no mercado.

O Sol é uma constante fonte de energia, seja por meio de sua luz, ou do calor que irradia.

Há pelo menos 30 anos, os seres humanos têm cada vez mais utilizando esta energia para a geração de energia elétrica, sendo o Sol uma fonte de energia muito mais responsável e limpa do que outras, como as hidrelétricas e as termelétricas.

O que é a energia solar e os sistemas fotovoltaicos?

energia solar e sistemas fotovoltaicos

A energia solar fotovoltaica é a energia elétrica gerada pela luz do sol.

O processo acontece da seguinte maneira: a luz solar é absorvida e transformada pelos sistemas fotovoltaicos, capazes de realizar a conversão da luz (foto) em energia elétrica (volts).

Como funciona a energia solar fotovoltaica?

O processo de conversão da energia solar em energia elétrica acontece de acordo com alguns estágios.

Primeiramente, a luz é absorvida pelos painéis solares, que devem ser instalados em local com grande incidência de raios solares em boa parte do ano, para que a produção de energia possa cobrir os custos dos investimentos de instalação e manutenção.

Após a absorção pelas placas solares, aquela energia solar passar pelo sistema fotovoltaico, que realiza a conversão a uma alta taxa de aproveitamento, para que depois a energia possa ser armazenada em uma bateria (portanto, em DC), e eventualmente ser transformada para AC conforme a necessidade.

Por que utilizar energia elétrica solar fotovoltaica?

A energia solar exige um investimento relativamente alto para sua instalação, mas os resultados têm sido bastante positivos.

2016 foi, inclusive, o primeiro ano em que a energia solar fotovoltaica conseguiu se tornar mais barata para se produzir do que a energia hidrelétrica.

Para gerar uma quantidade considerável de energia solar fotovoltaica, é necessária a instalação de bastantes painéis.

Para reduzir estes custos, conjuntos habitacionais têm feito o que se chama de Geração Distribuída.

As placas de absorção solar são instaladas nos telhados de diversas casas, sendo repassadas à central que faz a conversão e a posterior distribuição entre os filiados.

Vídeo | Saiba como funciona a energia solar fotovoltaica

Leia também: Conheça as vantagens e desvantagens da Energia luminosa